Governo do Estado inaugura novas alças de acesso da Rodovia SP-101 para Hortolândia

 Governo do Estado inaugura novas alças de acesso da Rodovia SP-101 para Hortolândia

Foto: Governo de SP

A Prefeitura de Hortolândia, em conjunto com o Governo do Estado, inaugurou, nesta quinta-feira (16/09), as alças de acesso do Corredor Metropolitano “Vereador Biléo Soares” à rodovia Jornalista Francisco Aguirre Proença (SP-101), altura do quilômetro 5.

Participaram da solenidade o prefeito José Nazareno Zezé Gomes, a primeira dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade Maria dos Anjos, o vice-governador do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia, o secretário estadual da Casa Civil Cauê Macris, os deputados estaduais Rafa Zimbaldi, Dirceu Dalben e Rogério Nogueira. Estiveram presentes, ainda, o prefeito e presidente do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Campinas, Gustavo Reis e os prefeitos Dário Saadi (Campinas), Cláudio José Schooder, o Leitinho (Nova Odessa) e Edivaldo Brischi (Monte Mor). Participaram ainda o secretário executivo da secretaria de estado dos Transportes Metropolitanos, Paulo Galli, o secretário de estado de Logística e Transportes, João Octaviano, e o secretário de estado de Saúde, Jean Gorinchteyn.

O prefeito Zezé Gomes, desde que assumiu a Prefeitura em abril, após o falecimento do prefeito Angelo Perugini, vinha acompanhando todas as fases de construção e destacou a importância estratégica do Corredor Metropolitano para Hortolândia. “Com a criação das alças, o Corredor Metropolitano passa a se tornar uma das mais importantes vias do município e cria uma nova rota de entrada para o município, facilitando o acesso e diminuindo distâncias. Isso beneficia todos os moradores, seja aqueles que andam de carros e, em especial, as pessoas que fazem uso de transporte público”, destacou Zezé.


Para o vice-governador, Rodrigo Garcia, o Governo do Estado de São Paulo ficou 2 anos e 9 meses, arrumando a casa para que grandes anúncios pudessem ser feitos pelo governador João Dória. “Nosso governo trabalha em três grandes frentes: saúde, proteção social e infraestrutura. O Corredor Metropolitano é um dispositivo importantíssimo para a mobilidade urbana e, graças a gestão pública, o Governo do Estado está anunciando outras importantes obras em todas as regiões. Será o maior investimento público em infraestrutura da história de São Paulo, e Hortolândia está sendo contemplado”, afirmou Garcia.

O trevo do Corredor Metropolitano com a rodovia SP-101 deve absorver uma demanda de aproximadamente 16 mil veículos por dia. Os dados fazem parte de um estudo realizado pela Prefeitura. “Segundo nossos estudos, o novo dispositivo viário receberá diariamente 8 mil veículos vindos de Campinas e outros 8 mil estarão saindo de Hortolândia. No total, teremos mais de 16 mil veículos transitando diariamente neste trecho do Corredor Metropolitano”, explicou o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Atílio André Pereira.

O trecho final do corredor entregue hoje, com 4,4 quilômetros, tem início na Avenida José João da Silva, próximo à Ponte Estaiada, seguindo pela Avenida Antonio da Costa Santos até as alças de acesso à Rodovia SP-101. O investimento foi de R$ 52 milhões por parte da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos).

A infraestrutura concluída inclui drenagem de águas pluviais, a adequação do muro do Complexo Penitenciário Campinas/Hortolândia e a execução de capa asfáltica sobre a Ponte Estaiada, localizada na continuação da Rua José João da Silva. Também foram construídas seis estações de embarque e desembarque ao longo do trecho.

Concluídas as obras complementares em Hortolândia, o Governo do Estado finaliza a implantação do Corredor Metropolitano. São 31,7 km de viário total interligando Campinas, Santa Bárbara D’Oeste, Americana, Nova Odessa, Sumaré, Hortolândia e Monte Mor.

Foram construídos também cinco terminais, sete estações de transferências e 23 estações de embarque e desembarque e 20 paradas nos municípios de Campinas, Hortolândia, Sumaré, Nova Odessa, Americana e Santa Bárbara D’Oeste. O investimento total para a implantação do Corredor Metropolitano foi de R$ 455,1 milhões.

As informações são da Prefeitura de Hortolândia.
Leia também: Prefeitura de Campinas publica edital para contratação de empresa que fará telemedicina

Outras notícias

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *