Governo do Estado vai transferir pacientes com coronavirus da Capital para Campinas

639

O Governo do Estado de São Paulo vai começar a transferir pacientes da capital para hospitais de Campinas por meio da central estadual de regulação de vagas.

Pela regulação, o Estado poderá encaminhar pacientes apenas para dois hospitais: o de Clínicas da Unicamp e o da AME, que foi aberto recentemente.

O secretário de saúde, José Henrique Germann, disse que a transferência vai começar no final de semana pois houve uma defasagem na chegada de respiradores para a capital.

Dessa forma, será necessária a transferência de pacientes pelo menos por alguns dias. Atualmente, 434 das 680 UTIs da cidade estão ocupados, o que dá um índice de 63,82%.

Na Grande SP a ocupação chegou a 85,1%, muito mais que a média estadual, que é de 68,7%. A prefeitura de São Paulo chegou a pedir leitos para Campinas, mas o prefeito Jonas Donizette negou.

Jonas teria dito ao prefeito Bruno Covas que não teria como fazer esse atendimento, pois o planejamento de Campinas foi feito para atender apenas a região Metropolitana daqui, e por isso não seria possível receber mais gente de fora.

O número de leitos em Campinas também seria totalmente desproporcional ao número de habitantes da Grande São Paulo, o que poderia trazer o caos para cá.

Jonas sugeriu que São Paulo fosse mais empenhada no cumprimento da quarentena para evitar a disseminação do coronavirus. A prefeitura paulistana não respondeu.

Da Redação ODC.

Fonte: G1

Leia também: Prefeitura de Campinas inicia entrega de cestas básicas para alunos da rede municipal de ensino