Greve Geral não deverá ter grandes impactos em Campinas: Escolas, Caixa e BB fecham; Ônibus funcionam

 Greve Geral não deverá ter grandes impactos em Campinas: Escolas, Caixa e BB fecham; Ônibus funcionam

Foto: Gazeta do Povo

As centrais sindicais marcaram uma “greve geral” para esta sexta-feira, dia 14/06, contra a Reforma da Previdência e contra o corte do orçamento da educação, porém Campinas deverá ser pouco afetada.

No setor de transporte público, os ônibus deverão circular normalmente. Nem o sindicato dos rodoviários de Campinas, nem as empresas de ônibus, nem os trabalhadores e nem a prefeitura confirmaram alguma movimentação para esta sexta. Na greve de 2017, os ônibus em Campinas pararam e os metropolitanos chegaram a sair das garagens no começo da manhã, mas recolheram por volta das 9 da manhã. Apesar disso, o cenário era diferente do de hoje, até por conta dos embates no sindicato da categoria. (informação corrigida e incluída às 21h40). Boatos estão circulando pela cidade desde o começo da semana, mas com notícias deturpadas que vêm de outras cidades.

O desgaste criado por conta da paralisação da VB1 no último final de semana minou qualquer possibilidade de nova greve, ainda mais por motivo que não seja salários. Apesar disso, o ODC estará de plantão desde o início da manhã para trazer todas as informações aos seus seguidores.


A prefeitura de Campinas anunciou que irá cortar o ponto de quem faltar ao trabalho nesta sexta. O sindicato dos servidores municipais anunciaram que irão aderir à paralisação nacional, juntamente com bancários, petroleiros e professores, que são os que sempre param quando há esses movimentos.

Por conta da adesão do sindicato dos bancários, alguns bancos deverão ter o atendimento prejudicado, sobretudo a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil. Os bancos privados poderão ser atingidos de forma isolada, caso haja bloqueio por parte do sindicato da categoria.

Um carro de som esteve circulando pela cidade desde o começo da semana pedindo para que as pessoas não vão ao trabalho nesta sexta, e que vão à manifestação marcada para a manhã no Largo do Rosário.

Da Redação ODC.

Outras notícias

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *