Guarda Municipal de Sumaré é acusado de fazer comércio ilegal de armas

 Guarda Municipal de Sumaré é acusado de fazer comércio ilegal de armas

Um Guarda Municipal de Sumaré foi suspenso sob suspeita de vender armas ilegalmente. A suspensão aconteceu na manhã desta última terça-feira, dia 22/10, após uma denúncia feita no sábado, dia 19/10.

No sábado, a polícia fez a apreensão de um homem de 24 anos que estava em cima do telhado de uma casa na cidade. A polícia entrou dentro da casa e foi informada das armas que teriam sido compradas do Guarda Municipal, de acordo com pronunciamento do homem detido.

Na casa tinha dois carregadores, munição, uma pistola calibe 380 e um 38. As armas estavam escondidas em uma caixa d’água que fica no bairro Nova Terra. Até que o caso seja devidamente investigado, o guarda seguirá suspenso.


Da Redação ODC.

Outras notícias