Guarda Municipal dispersa festa rave clandestina em Campinas

 Guarda Municipal dispersa festa rave clandestina em Campinas

A Guarda Municipal de Campinas dispersou 3.567 pessoas entre a noite de sexta-feira, 2 de julho, 2/7) e a manhã desta segunda, 5, em situações que se caracterizavam como aglomerações. As ocorrências foram registradas em vários bairros da cidade, como Vila Padre Anchieta, Jardim Santa Cândida, Residencial Gênesis e Chácara São Judas neste final de semana da Operação Aglomeração Zero.

A corporação flagrou jovens reunidos em vias públicas, na frente de bares e lanchonetes e em praças. Os agentes de segurança agiram rapidamente, de forma educativa e orientativa e pacífica, explicando sobre as medidas sanitárias para a contenção da disseminação do coronavírus.

A Aglomeração Zero é uma ação realizada no período em que vigora o Toque de Recolher na cidade, entre 21h e 5h e tem como objetivo tanto coibir quanto dispersar agrupamento de pessoas para minimizar a transmissão do coronavírus no município.


A corporação intensifica o patrulhamento em locais mapeados a partir de dados estatísticos de onde a guarnição registra maior número de denúncias recebidas pelo 156 e 153 e também nos bairros com mais casos de transmissão da Covid-19.

Rave

Na manhã de domingo, a Guarda Municipal conduziu para a 2ª Delegacia Seccional 13 frequentadores de uma festa rave que estava sendo realizada na Vila Olímpia. 11 pessoas foram autuadas por descumprimento de medida sanitária e por aglomeração. Os participantes da rave foram qualificados pela autoridade policial e liberados.

Os guardas municipais chegaram ao local do evento por volta de 8h40 da manhã, após uma denúncia, e a festa já tinha terminado. Estima-se que entre 200 e 300 pessoas passaram pelo local. Foram encontrados copos plásticos, garrafas, latas e material do evento, como pulseiras de acesso e material para som. Além disso, os guardas também encontraram 38 munições, possivelmente de um revólver calibre 38.

O equipamento de som e a munição foram também encaminhados para a autoridade policial.

Fiscalizações

As equipes de fiscalização da Prefeitura vistoriaram, neste final de semana, 452 estabelecimentos. Destes, 43 foram fechados e 4 lacrados.

A fiscalização envolve servidores das secretarias de Saúde (por meio da Coordenadoria de Vigilância Sanitária), Planejamento e Urbanismo, Setec e Procon.

As informações são da Prefeitura de Campinas
Leia também: Rede Mário Gatti recebe reforço de mais 103 profissionais de saúde

Outras notícias

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *