Homem é condenado a 37 anos de prisão pela morte da ex-namorada em Campinas

220

Depois de quase um ano, um homem foi condenado pela justiça de Campinas a 37 anos de prisão por ter sequestrado, torturado e estuprado a ex-namorada em julho do ano passado.

Na ocasião, o condenado invadiu a casa da ex-namorada de madrugada e fez ameaças contra ela e contra o atual namorado. Depois liberou o rapaz mas estuprou a jovem.

O homem foi preso no mesmo dia, escondido em uma casa atrás de onde a ex-namorada morava. A justiça considerou o histórico de violência familiar no relacionamento entre os dois.

“Somente por essas declarações já seria possível a condenação do acusado pelos crimes de tortura cometidos, pois harmônicas com os relatos prestados na polícia, coerentes e detalhadas”, disse o juiz.

O nome do condenado e da vítima, além da data exata do crime, não foram informados pelo Tribunal de Justiça paulista. O caso foi julgado na sexta-feira, dia 15/05.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também: Contágio por novo coronavirus desacelera bruscamente no Estado de São Paulo