Homem é espancado, insultado e tem seu kipá rasgado por três homens em Jaguariúna

 Homem é espancado, insultado e tem seu kipá rasgado por três homens em Jaguariúna

Como se não bastasse a disseminação do racismo e da homofobia pelo Brasil, agora é a vez da intolerância religiosa ganhar espaço. Em Jaguariúna, um homem de 57 anos foi espancado por três rapazes por estar com vestimentas israelitas.

Além de chutes e socos, o homem foi xingado e teve seu kipá (boina de uso religioso) cortado com canivete. O caso aconteceu na última segunda-feira, dia 24/02. Os três agressores estavam vindo no sentido contrário do homem, perto da rodoviária da cidade, e o chamaram de “judeuzinho verme”.

Logo depois, os três caras voltaram e começaram a espancar o homem e um deles disse: ‘Hitler deveria ter matado os judeus e livrado o mundo’. Muito provavelmente tratava-se de neonazistas sem conhecimento histórico.


A vítima disse que se converteu ao judaísmo em 1989 e desde então nunca tinha sofrido ataques de intolerância religiosa e que sempre foi respeitado pela sua crença. Ele mora na cidade há seis anos.

Os casos de intolerância religiosa cresceram mais de 30% na região apenas no ano passado. Foram mais de 230 casos registrados pela Polícia.

Da Redação ODC.

Outras notícias