Homem é morto a tesouradas, e mesmo com provas, criminosos são absolvidos pela justiça

     Homem é morto a tesouradas, e mesmo com provas, criminosos são absolvidos pela justiça

    Um homem de 69 anos que foi morto a tesouradas durante um assalto na cidade de Jaú, interior paulista, costumava fazer doações para os dois autores do crime.

    A dupla teve o julgamento realizado na semana passada e ambos acabaram absolvidos por falta de provas. Eles moravam perto da vítima, que os ajudava com roupas, alimentos e até dinheiro.

    Um dos familiares do homem morto disse que a sentença é absurda, já que a morte foi mediante tortura. A vítima morava sozinha desde que se separou da esposa. Ele deixou três filhos.


    O promotor do caso disse que havia uma grande gama de provas e mesmo assim a justiça resolveu absolver a dupla, que levaram da casa do homem 21 garrafas de bebida alcoólica, um DVD, uma toalha de mesa, um notebook, uma carteira e um telefone celular.

    O crime aconteceu em outubro do ano passado. Na época, a polícia fez as buscas e localizou todos os itens roubados e prendeu os dois homens, que agora foram absolvidos.

    Da Redação ODC.
    Fonte: Repórter Beto Ribeiro
    Leia também: Mudanças do Plano São Paulo penalizam bares e restaurantes, avalia a Abrasel

    Outras notícias