Homem faz escândalo na TV pedindo justiça pela morte do enteado, mas ele é o assassino

 Homem faz escândalo na TV pedindo justiça pela morte do enteado, mas ele é o assassino

Um menino de 7 anos de idade foi morto afogado em uma poça de lama na penúltima semana do mês de julho em Goiânia, capital de Goiás. Danilo de Sousa Silva saiu para ir até à casa da avó, na mesma rua onde morava, mas desapareceu em 21 de julho.

O corpo do menino foi encontrado sete dias depois. O padrasto da criança, Reginaldo Lima, apareceu na TV Record chorando e fazendo um enorme escândalo por causa da morte de Danilo e pedia justiça.

Porém momentos depois ele e o colega Hian Alves foram presos por terem cometido o crime. De acordo com Reginaldo, ele acreditava que a criança atrapalhava o relacionamento com a mãe.


Para piorar, Reginaldo já tem um processo nas costas por tentativa de homicídio contra a mãe de Danilo em 2018. Na época ele chegou a ser preso preventivamente. A tentativa de morte foi a facadas.

Danilo, de acordo com Hian, foi levado para uma mata e tomou uma paulada de Reginaldo. Depois, ele ajudou o padrasto a levar o menino para a beira da mata e deixou os dois lá. Reginaldo acabou matando Danilo asfixiado em uma poça de lama.

Da Redação ODC
Fonte: G1
Leia também: Viação Cometa envia ônibus sem limpeza devida para fazer viagem entre Campinas e Rio de Janeiro

Outras notícias