Homem forja assalto para não contar à esposa que gastou com prostitutas

 Homem forja assalto para não contar à esposa que gastou com prostitutas

Um homem que ficou perambulando por casas de prostituição na região central de Belo Horizonte acabou indo parar na cadeia depois do falso comunicado de um crime.

Com 44 anos de idade, o homem tentou fazer o registro de um assalto que nem aconteceu. Tudo aconteceu na noite da última quarta-feira, dia 10/02.

Durante a noite ele passou por várias casas de prostituição e fez o pagamento dos serviços com seu telefone, mas no fim disse que tinha sido assaltado na passarela que liga a Rodoviária à Lagoinha.


A polícia fez a solicitação de imagens de câmeras de segurança das imediações e nada foi localizado, e por isso o homem foi novamente confrontado, quando caiu em contradição.

No fim, o homem revelou que tentou fazer o falso comunicado do crime para que sua esposa não desconfiasse que ele passou a noite em casas de prostituição. O valor total gasto nos serviços chegou a 1 mil reais.

Quando o dinheiro acabou, ele deu um telefone celular como objeto de troca para o pagamento. Ele preferiu fazer o falso boletim de ocorrência ao invés de encarar a esposa. Além disso, o homem tinha uma porção de maconha escondida nas partes íntimas.

Da Redação ODC.
Fonte: Repórter Beto Ribeiro
Leia também: Câmara de Campinas cria comissão para apurar tratamento dado a menino no barril

Outras notícias