Homem manteve menina de Santa Bárbara D’Oeste em cárcere dentro de apartamento em Sumaré

 Homem manteve menina de Santa Bárbara D’Oeste em cárcere dentro de apartamento em Sumaré

O caso do sumiço da menina Emily Bello Soares da Silva, de 11 anos de idade, parece ter sido concluído pela Polícia Civil de Americana. A menina tinha sumido no domingo, dia 05/07, e apareceu na quinta-feira, dia 09/07.

De acordo com as investigações da polícia, a menina ficou em um cativeiro mantido por Paulo César da Silva Santos, de 28 anos. Ele ainda continua foragido mas segue sendo procurado pelos policiais.

O cativeiro é um apartamento em um condomínio no jardim Santa Maria em Nova Veneza, Sumaré. Paulo será indiciado por cárcere privado e por estupro de vulnerável, já que a menina está com sinais de violência sexual.


A menina mora com os avós paternos na cidade de Santa Bárbara D’Oeste desde os três anos de idade, já que os pais não são casados e moram em Americana. Ela chegou a ser dopada pelo criminoso.

O criminoso esteve nas imediações da casa da avó da menina no dia do sequestro e estava com um capacete adicional em um dos braços. Ele chegou a ser abordado pelo pai de Emily mas depois acabou se escondendo e esperou a menina sair sem que a avó notasse.

A liberação da menina aconteceu depois que o caso chegou na imprensa e foi divulgado maciçamente por vários canais de televisão. O homem pediu para a menina ir pra casa. Ela foi encontrada em um posto de combustíveis depois de andar muito, seguindo as placas de Americana na rodovia Anhanguera.

Da Redação ODC.
Fonte: Correio Popular
Leia também: Grupo de idosos ignora pandemia e vai a bingos clandestinos sem usar máscaras

Outras notícias