Homem que matou jovem em briga já foi preso por tentativa de homicídio em Santa Catarina

 Homem que matou jovem em briga já foi preso por tentativa de homicídio em Santa Catarina

O inquérito da morte do jovem Andrew Silva, de 19 anos, morto esfaqueado no dia 9 de fevereiro após uma briga generalizada nas proximidades do bar O Velho Casarão em Campinas, foi concluído. A polícia pediu a prisão preventiva do autor dos golpes, que é irmão do dono do bar.

Osmar Poris Silva, de 37 anos, foi quem deu as facadas que vitimaram Andrew. O inquérito foi concluído após serem ouvidas mais de 20 pessoas envolvidas no caso e a polícia analisar as imagens de câmeras das imediações. Tudo começou após uma briga generalizada na frente do bar, da qual Andrew sequer participou.

O agressor disse que levou uma garrafada na cabeça, dada por Andrew, o que não ficou comprovado nas investigações. Apesar da morte, Osmar não foi indiciado por homicídio, mas sim por lesão corporal seguida de morte, já que tudo aconteceu durante uma briga e que não havia intenção de matar.


O criminoso já teve várias passagens pela polícia em Santa Catarina, onde já até cumpriu pena. Lá, as acusações que caem sobre Osmar é de brigas em bares e clubes, ameaças, agressões justamente com facas, entre outros. A prisão foi por tentativa de homicídio. Com isso, a polícia concluiu que ele é realmente perigoso.

Da Redação ODC.

Outras notícias