Homem se queima após higienizar mãos com álcool em gel e acender cigarro; Esposa também fica ferida

 Homem se queima após higienizar mãos com álcool em gel e acender cigarro; Esposa também fica ferida

O álcool em gel como instrumento de higienização das mãos veio para ficar, porém há muitos cuidados que são necessários na hora de usar o produto.

Um homem de 35 anos de idade sofreu várias queimaduras depois que acendeu um cigarro. Pouco tempo antes ele tinha feito o uso de álcool em gel nas mãos.

A esposa de Aécio Lourenço de Melo, Flaviane da Silva Rodrigues de Melo, de 37 anos de idade, também acabou se queimando já que ela também fez o uso do álcool em gel.


“Quando chegamos em casa, como tínhamos vindo da rua, usamos um borrifador de álcool. Ele foi acender um cigarro e pegou fogo”, contou Flaviane, que tentou ajudar ao ver Aécio em chamas.

“Como não dava para correr e molhar um lençol, minha reação foi tirar a camisa dele e por isso ele acabou queimando o rosto e a cabeça. Depois cobri ele com um lençol seco mesmo e joguei um pouco de água nele”, completou Flaviane, que acabou queimando o braço e uma das pernas.

O casal foi atendido em uma unidade de pronto-atendimento. Flaviane já está em casa mas Aécio precisou de transferido para um hospital pois suas queimaduras foram mais sérias. O caso aconteceu na cidade de Oeiras, interior do Piauí.

Da Redação ODC.
Fonte: Repórter Beto Ribeiro
Leia também: Guardas Municipais da região seguem multando e apreendendo carros que fazem barulhos demais

Outras notícias