Os homens suspeitos de espancarem e matarem o jovem Andrew Silva Jaroczinski, de 19 anos, viraram réus na justiça com a aceitação da denúncia do Ministério Público contra os dois.

Osmar José Pores da Silva e Lucas Aparecido Ribeiro foram flagrados espancando Andrew depois da saída do bar O Velho Casarão em Campinas. O caso aconteceu em fevereiro deste ano.

A vítima chegou a ser socorrida depois de ser esfaqueado e espancado com barras de ferro, mas acabou morrendo no Hospital Mário Gatti.

Os acusados foram descritos como: “manifesto ânimo homicida, por motivo torpe, e com emprego de recurso que dificultou a defesa do ofendido, mediante golpes de arma branca”. A briga aconteceu por causa de uma mancha de ketchup na roupa de um dos clientes do bar.

Manifestações foram feitas na época do crime e o bar chegou a ser pichado, invadido e depredado. Agora, os acusados têm 10 dias para apresentar suas defesas, se quiserem.

Da Redação ODC.
Leia também: Polícia apreende carro que furou 575 vezes pedágio de Indaiatuba e tem R$ 475 mil em multas