Hortolândia dá largada para revisão do seu Plano de Mobilidade Urbana

 Hortolândia dá largada para revisão do seu Plano de Mobilidade Urbana

Foto: PMH

Foi iniciada, na manhã desta terça-feira (15/03), a revisão do Plano de Mobilidade Urbana da Prefeitura de Hortolândia. A atividade, realizada no Centro de Formação dos Profissionais em Educação Paulo Freire, localizado no bairro Remanso Campineiro, é a primeira da série de cinco reuniões com o Grupo de Segurança Viária do município. Além de representantes das Secretarias de Mobilidade Urbana, Saúde e Segurança da Administração Municipal, participaram da reunião representantes das Concessionária CCR Autoban e Rodovias do Tietê, responsáveis por cuidar de rodovias que cortam a cidade, Detran ( Departamento Estadual de Trânsito) e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, o desenvolvimento do Plano para os municípios é Lei Nacional. A criação dele, contribui com o desenvolvimento de toda a cidade. Um dos tópicos do Plano de Mobilidade Urbana é a segurança viária, por isso, nesta primeira etapa de reuniões, foram chamados os representantes de diversas esferas e órgãos que ajudam na melhoria deste quesito, não apenas dentro do município mas, também, nas rodovias estaduais que cortam a cidade.

Além da revisão do Plano de Mobilidade Urbana, foram abordados temas como a implantação do futuro pátio de veículos da cidade, que está em licitação; a continuação da reestruturação do transporte urbano municipal; e os trabalhos para que a cidade fique ainda mais ciclável, tudo isso, aliado à participação popular. As reuniões continuam nos dias 22,23,29 e 31 deste mês. Os temas vão desde maior acessibilidade em calçadas para Pessoas com Deficiência (PCD), até temas de interesse do transporte escolar e de cargas, por exemplo.


“Estas reuniões contribuem para a o futuro da mobilidade urbana em nossa cidade. São diversas ações que já mostraram resultado, como a constante diminuição nos acidentes e redução de acidentes com vítimas fatais no município. Além de ações que, no futuro, irão trazer benefícios,como o pátio de veículos, por exemplo. Continuar trocando informações é o melhor caminho para avançarmos, cada vez mais, nos nossos propósitos de desenvolvimento”, comenta o secretário de Mobilidade Urbana, Atílio André Pereira.

TRÂNSITO SEGURO
Hortolândia continua com bons resultados em segurança viária a cada divulgação do Infosiga (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo) sobre os índices de acidentes de trânsito com vítimas fatais nas ruas e avenidas da cidade. De acordo com o órgão estadual, em dezembro de 2021, por exemplo, não foi registrado nenhum acidente com vítima fatal na cidade.

Desde 2017, a Prefeitura realiza diversas ações para a segurança viária do município. Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana, na comparação daquele ano com o ano passado, foram 19 vítimas fatais em acidentes viários nas ruas e avenidas da cidade, sem contar estradas e rodovias que cortam o município, enquanto em 2021, foram contabilizadas quatro vítimas de acidentes nos limites da cidade, uma redução de 79%. Com isso, Hortolândia cumpre a meta estipulada pela ONU (Organizações das Nações Unidas) na “Década de Ação pela Segurança no Trânsito”, regulamentada pela instituição apontando que até 2030, governos de todo o planeta devem tomar novas medidas para prevenir os acidentes com vítimas.

DIVERSAS AÇÕES QUE SALVAM VIDAS
Para salvar vidas no trânsito, a Prefeitura realiza uma série de ações, que, além da sinalização de solo em todas as regiões da cidade, vão de atividades educativas com motoristas e pedestres, Operação “Cavalo de Aço” para motociclistas até a implantação de radares controladores de velocidade, principal medida adotada pela Administração Municipal para a redução de mortes no trânsito. Os dispositivos começaram a funcionar em janeiro de 2019. Além disso, a cidade recebe, periodicamente, um mutirão de Tapa-Buraco em todas as regiões. Outra medida importante é a instalação dos painéis eletrônicos informativos nos portais de entrada e saída da cidade e investimentos na malha cicloviária.

As informações são da Prefeitura de Hortolândia.
Leia também: Prefeitura de Campinas inicia vacinação contra Covid sem necessidade de agendamento

Outras notícias