Inauguração da UPA do Carlos Lourenço deverá desafogar hospitais em 15%

 Inauguração da UPA do Carlos Lourenço deverá desafogar hospitais em 15%

O Pronto-Socorro, atual UPA do Jardim Carlos Lourenço, deverá começar a funcionar a partir do dia 4 de novembro, depois de anos de adiamento e obras enroladas. A esperança tanto da prefeitura quanto da população é que haja uma melhora substancial no atendimento de toda a rede de saúde da cidade.

Com o novo local de atendimento, a cidade deverá ter um desafogamento do Hospital Mário Gatti e de outras unidades de pronto atendimento. Parte dos moradores seguem desconfiados pois a prefeitura já tinha adiantado que não tinha dinheiro para manter a unidade em funcionamento.

Nesta primeira fase, o funcionamento da UPA será parcial, apenas com atendimento para adultos e nos dias úteis. A Rede Mário Gatti informou que está verificando como que vai fazer para manter a unidade em pleno funcionamento no ano que vem. A UPA do Carlos Lourenço deverá absorver até 15% dos atendimentos do Mário Gatti e do HC da Unicamp além da Santa Casa de Valinhos, por conta da proximidade do bairro com a cidade.


Da Redação ODC.

Outras notícias