Juíza é morta a facadas pelo ex-marido na noite da véspera do Natal; Criminoso foi preso

 Juíza é morta a facadas pelo ex-marido na noite da véspera do Natal; Criminoso foi preso

Uma juíza foi morta a facadas pelo ex-marido na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, na noite da última quinta-feira, dia 24/12, véspera de natal.

O criminoso, o engenheiro Paulo José Arronenzi, de 52 anos de idade, já está preso. A vítima é Viviane Vieira do Amaral Arronenzi, de 45 anos de idade.

Ele esfaqueou a juíza na frente das três filhas do casal. O crime acabou sendo registrado em vídeo e as imagens circularam pelas redes sociais e foram analisadas pela polícia.


De acordo com informações, no vídeo as crianças pedem para que o pai pare de golpear a mãe deles. Dentro do carro do criminoso foram encontradas três facas, porém a usada no crime não foi encontrada.

O bandido já tinha sido enquadrado na Lei Maria da Penha em setembro, depois da vítima ter feito o registro de lesão corporal e ameaça contra ele.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também: A bizarra “inauguração” do BRT, feita ontem por Jonas e Barreiro, e desmentida agora pelo ODC

Outras notícias