Justiça condena espaço de eventos a indenizar casal por se negar a fazer casamento homoafetivo

 Justiça condena espaço de eventos a indenizar casal por se negar a fazer casamento homoafetivo

Um espaço de eventos localizado em Campinas cujo nome não foi divulgado foi condenado a indenizar um casal homoafetivo por ter se negado a celebrar o casamento dele.

A condenação por danos morais foi dada pela Justiça de Campinas e ainda cabe recurso. De acordo com a sentença, a casa de eventos deverá pagar R$ 28 mil ao casal.

A juíza que deu a sentença registrou que a casa de eventos tem como finalidade “a salvaguarda de uma sociedade pluralista, onde reine a tolerância”, e que o Estado tem que defender a dignidade das pessoas e repudiar atos de racismo e terrorismo.


Nos autos do processo a empresa teria recusado receber o casamento pois um casamento homoafetivo iria de encontro aos princípios filosóficos e religiosos do dono e da sua família, o que seria um ato discriminatório.

Nenhuma das partes envolvidas no caso tiveram seus nomes divulgados pois o processo ainda corre em segredo de justiça. Ninguém quis se pronunciar a respeito.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também: Unilever – Omo entra na justiça contra propaganda contra coronavirus do Tixan Ypê

Outras notícias