A Justiça condenou um empresário por fraudar uma licitação de cartuchos de impressoras destinados ao Tribunal Regional do Trabalho de Campinas.

O caso aconteceu no ano de 2013 porém a sentença saiu apenas em setembro e divulgada na última terça-feira, dia 20/10. O empresário tinha fornecido cartuchos de impressora falsificados.

A pena do empresário foi de 3 anos de detenção, porém convertida para prestação de serviços à comunidade e o pagamento de 10 salários mínimos a uma entidade carente.

O empresário venceu uma licitação onde teria que fornecer o total de 1100 toners originais de impressoras a laser e multifuncionais, porém a mercadoria estava em desacordo com o que foi pedido.

Constatada a irregularidade, foi solicitado que se pedisse a comprovação da procedência do material, o que não aconteceu. Um laudo técnico comprovou que os cartuchos não eram originais.

Nos autos do processo, o empresário alegou que não sabia que se tratavam de produtos falsificados, e disse que fez a substituição de todos os itens.

Da Redação ODC
Fonte: G1
Leia também: Pedreira do Chapadão terá cine drive-in de graça; Veja como conseguir seu ingresso