Leandro Ferreira

As eleições acabam mexendo com vários interesses particulares e do lado de fora fica o eleitor, que costuma ficar sempre no prejuízo. A maior prova disso está na estapafúrdia discussão sobre o asfalto na Vila Industrial.

A justiça concedeu uma liminar que impede a prefeitura de Campinas a continuar os trabalhos de asfaltamento em ruas de piso de paralelepípedo enquanto o processo de pedido de tombamento não é concluído.

Apesar da prefeitura já ter informado que os locais asfaltados não são tombados como patrimônio histórico, um pequeno grupo de moradores da região e um candidato a vereador resolveram “agitar” a questão, juntamente com um pequeno jornal da cidade.

As ruas que receberam o asfaltamento melhoraram o tráfego e a segurança dos motoristas. A maioria dos moradores comemorou a obra, já que a barulheira dos carros batendo incomodava a todos.

A prefeitura informou que as obras necessárias na região já foram concluídas e que não será feito mais nada, ou seja, a liminar não tem serventia nenhuma, ou seja, tem apenas para quem tem interesse político em pleno ano de eleição e que quer aparecer na mídia a todo custo.

Da Redação ODC.
Leia também: Burger King é condenado por jornada de trabalho abusiva; Funcionários não recebiam DSR