A candidatura do ex-prefeito Doutor Hélio à prefeitura de Campinas está indeferida pela Justiça Eleitoral. O indeferimento atende a um pedido do candidato do PMN, Ahmed Tarique.

De acordo com o candidato, Hélio não poderia participar do pleito deste ano pois teve as contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado enquanto foi prefeito da cidade.

Hélio disse que vai recorrer no Tribunal Regional Eleitoral e se for o caso, vai recorrer também ao Supremo. Ele acredita que o julgamento das contas foi tardia de propósito, com o intuito de prejudicar sua candidatura.

Em relação à cassação do mandato, Hélio ficou inelegível por oito anos, porém há uma divergência nessa questão. De acordo com o juízo que indeferiu a candidatura, o prazo acaba dia 31/12 deste ano, porém alega-se que o prazo teria terminado em agosto.

Enquanto isso, a campanha de Hélio continua normalmente nas ruas, na televisão e nas rádios. O candidato também deverá estar nas ruas como tem feito nos últimos dias.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também: Grave acidente deixa dois mortos na rodovia de acesso à Sumaré