Justiça manda Facebook tirar do ar carta em que assassino acusa vítima de crime no Chapadão

 Justiça manda Facebook tirar do ar carta em que assassino acusa vítima de crime no Chapadão

A família de Camilla Rodrigues Barros, assassinada no último di 3 de janeiro pelo ex-namorado no Jardim Chapadão em Campinas, conseguiu uma liminar na justiça pedindo que seja retirada do ar do Facebook a carta que o assassino publicou culpando a vítima pelo crime.

Luiz Pereira da Silva publicou uma carta em seu perfil no Facebook pouco antes de matar a ex-namorada e cometer suicídio. Na carta, Luiz diz as razões pelas quais cometeu o crime e ainda a culpa por tudo.

A justiça, na decisão, disse que as mensagens ofendem a dignidade da vítima, e por isso pede a retirada da carta do ar. O Facebook informou que ainda não foi notificado da decisão judicial.


Da Redação ODC.

Outras notícias