Lei do Pancadão apreendeu 97 carros com excesso de barulho somente em 2019

 Lei do Pancadão apreendeu 97 carros com excesso de barulho somente em 2019

A Lei do Pancadão, que tem por objetivo coibir a barulheira em carros com som alto nas ruas e avenidas de Campinas, teve cerca de 122 atendimentos feitos mensalmente pela Guarda Municipal.

Em 11 meses, 1347 casos foram registrados, com 97 carros apreendidos. A lei é do ano de 2015 e estabelece limites de som por áreas diferentes da cidade.

Por conta das festas de final de ano, o número de atendimentos e carros apreendidos ainda deverá aumentar. A Guarda explica que nem todos os chamados viram ocorrência pois quando a viatura chega ao local denunciado, ou o carro não está mais no local ou o volume é diminuído.


Os limites de som por região são os seguintes:

Área de sítios e fazendas – 40 decibéis (diurno) e 35 decibéis (noturno)
Áreas residenciais urbanas ou de hospitais, escolas e bibliotecas – 50 decibéis (diurno) e 45 decibéis (noturno)
Área mista – residencial e de hotéis – 55 decibéis (diurno) e 50 decibéis (noturno)
Área mista – comércio, administrativa ou institucional – 60 decibéis (diurno) e 55 decibéis (noturno)
Área com vocação recreativa – 65 decibéis (diurno) e 55 decibéis (noturno)
Área industrial – 70 decibéis (diurno) e 60 decibéis (noturno)

Da Redação ODC.

Outras notícias