Loja de materiais para construção é condenada a indenizar funcionária que trabalhava dentro de gaiola

 Loja de materiais para construção é condenada a indenizar funcionária que trabalhava dentro de gaiola

Uma loja de materiais para construção localizada em Jundiaí foi condenada a indenizar uma ex-funcionária por danos morais. O valor da causa é de R$ 20 mil.

De acordo com informações, a mulher acusa a loja de deixá-la trabalhar dentro de uma gaiola, sem acesso a ventilador, banheiro ou bebedouro.

No processo está relatado que a mulher ficava trancada nessa gaiola e quando precisava ir ao banheiro, era necessário chamar alguém pelo rádio para que a gerente abrisse a porta para ela poder sair.


Além disso, a mulher passou a ser alvo de piadas de colegas de trabalho e ganhou o apelido de “leãozinho” pelo fato de ficar trancada dentro dessa gaiola.

A loja se defendeu dizendo que a funcionária não ficava trancada e que o setor de conferência precisa de cuidado para que não haja mistura dos materiais recebidos com os já existentes no depósito.

Além disso, a loja diz que todos os conferentes tinham as chaves, mas admite a presença das grades no local. Apesar disso, a funcionária teve ganho de causa.

Da Redação ODC.
Fonte: Repórter Beto Ribeiro
Leia também: Operação Toque de Recolher lacra mais um comércio em Campinas

Outras notícias