Loja não essencial consegue liminar na justiça e reabre as portas em Americana

58

Uma loja de produtos que não é considerado serviço essencial conseguiu uma liminar na justiça para poder reabrir as portas na cidade de Americana.

O juiz que concedeu a liminar entendeu que o isolamento social está afrontando o direito ao trabalho e que a população já está tomando medidas de segurança, como o uso de máscara de proteção.

A loja vende artigos de cama, mesa e banho e estava funcionando normalmente já nesta quarta-feira, dia 27/05. Os clientes estavam sendo testados com um termômetro logo na porta.

Caso a prefeitura feche a loja, foi estabelecida uma multa de 70 mil reais, e caso ela seja apenas autuada, a multa é de 10 mil reais para a municipalidade.

A prefeitura de Americana informou que não vai recorrer pois isso cabe ao Estado. A loja reaberta já tinha demitido 16 funcionários durante a quarentena.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também: Campinas está autorizada a abrir shoppings a partir de segunda, dia 01/06; Veja plano anunciado por Doria