Menina de 7 anos queimada pelo primo em fogão morre após 1 mês na UTI

 Menina de 7 anos queimada pelo primo em fogão morre após 1 mês na UTI

Foi enterrada nesta terça-feira, dia 24/09, a menina Elloá, de 7 anos de idade, que estava internada há um mês após ter sido colocada sobre um fogão a gás aceso pelo próprio primo na cidade de Londrina, norte do Paraná.

O jovem de 23 anos, que cometeu o crime, está preso. Antes de colocar a menina no fogão, o rapaz espancou-a. Ele será indiciado por homicídio qualificado. A mãe dele, tia da Elloá, disse que o filho precisa de ajuda e que provavelmente ele teve um surto psicótico.

Ao ouvirem gritos da menina de dentro da residência, os vizinhos viram Elloá em chamas e tentaram apagar usando uma mangueira. O suspeito do crime chegou a apanhar e quase foi linchado, mas o irmão chegou na hora e o retirou do local, evitando sua morte por espancamento.


Elloá ficou 30 dias internada em uma UTI pediátrica e estava apresentando melhoras, inclusive os médicos cogitavam mandá-la para o quarto, porém uma infecção agravou a situação e a menina morreu na segunda-feira, dia 23/09.

Da Redação ODC.

Outras notícias