Menino de 7 anos faz “loja” de aviões de papel para comprar um novo telefone celular

     Menino de 7 anos faz “loja” de aviões de papel para comprar um novo telefone celular

    Um caso inusitado chamou a atenção da população da cidade de Cubatão, no litoral paulista. Um menino de sete anos criou uma “loja” de aviões de papel para juntar dinheiro.

    O objetivo do menino com a venda dos aviõezinhos de papel, feitos por ele mesmo, era juntar um dinheiro para a compra de um novo telefone celular.

    Dias antes, o menino perdeu seu primeiro celular ao deixá-lo cair no mar. O aparelho caiu na maré pois a família mora em uma palafita, e quando o equipamento foi recuperado, já não estava mais funcionando em virtude da rápida oxidação causada pela água salgada.


    A mãe do menino, de 24 anos, ficou sabendo da atitude do filho e foi até à praça, onde ele estava vendendo seus aviões, e fez a compra de todos.

    Os aviõezinhos estavam sendo vendidos com três preços diferentes: R$ 0,10 o pequeno, R$ 0,25 o médio e R$ 1,00 o grande. Apesar da compra feita pela mãe, o dinheiro ainda não foi suficiente para a compra do novo aparelho de celular.

    Outros meninos que passaram pela praça onde os aviões estavam sendo vendidos acabaram debochando e ironizando o caso, dizendo que ninguém ia comprar um monte de papel dobrado.

    A mãe divulgou a história na internet, e rapidamente viralizou. Com isso, recebeu várias doações, o que possibilitou a compra do novo celular para o menino.

    Da Redação ODC.

    Outras notícias