A reintegração de posse da ocupação Mandela em Campinas deve acontecer nos próximos dias, porém o Ministério Público pediu a suspensão do processo por tempo indeterminado.

O prazo para que todas as 108 famílias saíssem de forma voluntária do local terminou à meia-noite do dia 31/08. A área está ocupada desde o dia 21 de abril de 2017.

A ocupação está localizada no Jardim Nossa Senhora Aparecida, no Distrito do Ouro Verde e conta com 89 crianças com menos de 10 anos de idade, 8 adolescentes de até 17 anos, dois bebês prematuros, 10 idosos e 7 grávidas.

Além disso há 62 pessoas do grupo de risco com problemas respiratórios e cardiológicos. Os promotores escreveram na petição que deve ser reconhecido o caráter excepcional da situação por causa da pandemia do novo coronavirus.

Os ocupantes e a dona do terreno estavam negociando a desocupação e a prefeitura se comprometeu a pagar um auxílio-moradia a 28 famílias. Agora, a prefeitura diz que também defende a suspensão da reintegração de posse.

Da Redação ODC.
Fonte: Correio Popular
Leia também: Sons durante velório de mulher causa espanto e bombeiros são chamados em Campinas