Ministério Público quer ir à Justiça para impedir reabertura do comércio em Campinas

739

O Ministério Público quer impedir a reabertura de parte do comércio em Campinas. A Procuradoria-Geral de Justiça do Estado foi acionada nesta terça-feira, dia 12/05, para que seja avaliada a hipótese de ingressar com uma ação para a suspensão do decreto municipal.

A promotora de justiça, Cristiane Hillal, diz estar preocupada com os impactos que a reabertura do comércio poderá trazer para a cidade, como o aumento no número de casos do novo coronavirus e falta de leitos de UTI.

A prefeitura fez a apresentação de sua defesa ao Ministério Público nesta terça conforme solicitado, e diante das justificativas, cogitou-se a possibilidade de se judicializar a questão.

Para a promotora, a reabertura do comércio incentiva o descumprimento da quarentena que ainda está em vigor, além de minimizar a gravidade da situação e gerar desinformação generalizada.

Em resposta, a prefeitura disse que defende o decreto de reabertura já que tudo está sendo feito respeitando as normas de distanciamento social e sanitárias vigentes.

Da Redação ODC.

Fonte: G1

Leia também: Comerciantes aprovam ideia de atender via drive-thru, mas ainda projetam vendas pequenas