Monumentos históricos de Campinas sofrem com vandalismo, pichação e depredação

 Monumentos históricos de Campinas sofrem com vandalismo, pichação e depredação

CBN

Os monumentos históricos de Campinas estão abandonados e não é de hoje. O problema é que a limpeza e manutenção desses espaços não dão votos, então os políticos que administram a cidade, seja quem for, não se interessam em fazer o serviço como deveriam.

Até hoje o monumento-túmulo de Carlos Gomes está sem as flâmulas de bronze, que foram furtadas e acabou ficando por isso mesmo. Já o busto de Bento Quirino continua pichado e depredado.

Outros monumentos como o da Mãe Preta na Rua Cônego Cipião, o busto de Júlio de Mesquita no Centro de Convivência, entre outros quase 100 que estão espalhados por toda a cidade, seguem sem qualquer cuidado do poder público.


A prefeitura diz que está estudando uma alternativa ao bronze, sem valor comercial, para repor as peças furtadas e que é de baixo custo, porém o processo de restauro ainda é caro. Também informou que é quase impossível deter o vandalismo já que a Guarda Municipal tem coisas mais importantes para atender.

Da Redação ODC.

Outras notícias