Morre Padre Haroldo Rahn, referência no tratamento de dependentes químicos, aos 100 anos

112

Morreu neste sábado, dia 30/11, o padre Haroldo Rahn, referência no tratamento de dependentes químicos. Seu instituto, criado há 41 anos, já recuperou milhares de pessoas.

O padre completou 100 anos recentemente e morreu na Casa dos Jesuítas Companhia de Jesus, em São Paulo, onde morava. Ele estava sob cuidados de enfermeiros e cuidadores.

O prefeito Jonas Donizette decretou luto oficial de 3 dias na cidade e o velório acontecerá neste domigo, dia 01/12, das 8h às 15h no Paço Municipal de Campinas. Depois, o corpo será levado para o Mosteiro de Itaici, em Indaiatuba, onde será sepultado às 17h.

A entidade “Associação Promocional Oração e Trabalho” (APOT) foi fundada em 1978 pelo padre Haroldo e em 2009 houve a rebatização do local com seu nome.

Padre Haroldo nasceu nos Estados Unidos em 22 de fevereiro de 1919. Lá, ele desenvolvia projetos sociais com jovens que viviam na fronteira com o México. Chegou ao Brasil em 1965 e naturalizou-se em 1986. Ele escreveu 58 livros e recebeu vários prêmios.

Da Redação ODC.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui