Morre Padre Haroldo Rahn, referência no tratamento de dependentes químicos, aos 100 anos

 Morre Padre Haroldo Rahn, referência no tratamento de dependentes químicos, aos 100 anos

Morreu neste sábado, dia 30/11, o padre Haroldo Rahn, referência no tratamento de dependentes químicos. Seu instituto, criado há 41 anos, já recuperou milhares de pessoas.

O padre completou 100 anos recentemente e morreu na Casa dos Jesuítas Companhia de Jesus, em São Paulo, onde morava. Ele estava sob cuidados de enfermeiros e cuidadores.

O prefeito Jonas Donizette decretou luto oficial de 3 dias na cidade e o velório acontecerá neste domigo, dia 01/12, das 8h às 15h no Paço Municipal de Campinas. Depois, o corpo será levado para o Mosteiro de Itaici, em Indaiatuba, onde será sepultado às 17h.


A entidade “Associação Promocional Oração e Trabalho” (APOT) foi fundada em 1978 pelo padre Haroldo e em 2009 houve a rebatização do local com seu nome.

Padre Haroldo nasceu nos Estados Unidos em 22 de fevereiro de 1919. Lá, ele desenvolvia projetos sociais com jovens que viviam na fronteira com o México. Chegou ao Brasil em 1965 e naturalizou-se em 1986. Ele escreveu 58 livros e recebeu vários prêmios.

Da Redação ODC.

Outras notícias