Mortes de pedestres dobram em Campinas; Celular é o principal motivo

 Mortes de pedestres dobram em Campinas; Celular é o principal motivo

A quantidade de pedestres que morreram em acidentes de trânsito nas vias de Campinas dobrou neste ano em comparação com o mesmo período do ano passado. A comparação compreende os meses de janeiro e julho.


Na contramão desses números, houve uma queda expressiva de 52% no número de mortes de motociclistas no mesmo período. Os dados foram obtidos através do sistema Infosiga do Governo do Estado.

O número total de pessoas que morreram em acidentes de trânsito em vias municipais foi de 30 neste ano, um a menos que o mesmo período do ano passado, porém o perfil oscilou por causa da pandemia do novo coronavirus.

Já em relação à morte de pedestres, no ano passado foram 7, enquanto neste ano somaram-se 14. Entre motociclistas as mortes foram de 19 no ano passado para 9 neste ano.

Um dos maiores motivos do aumento no número de mortes de pedestres é a distração durante o uso do celular. Muita gente atravessa a rua com fone de ouvido ou vendo vídeos e não se atentam à chegada de veículos. Ou seja, são quase todos casos evitáveis.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também: Agências da Caixa passam a fechar uma hora mais cedo e pega clientes de surpresa

Outras notícias