O caso de atropelamento de um motoboy pelo cantor e ator Maurício Mattar vai acabar ficando por isso mesmo. A vítima informou que vai desistir do processo, que corre desde 1999.

Na época, Rodrigo Matos foi atropelado e agredido por Maurício Mattar depois de um acidente na Avenida Juscelino Kubitschek, em São Paulo. Mesmo ferido, Rodrigo foi socado e chutado pelo ator.

Houve testemunhas que confirmaram o fato em depoimentos, Mattar perdeu em todas as instâncias, teve bens penhorados, um título protestado, mas nunca foi citado pessoalmente.

Oficiais de Justiça não conseguiram localizá-lo nesse tempo todo, mesmo estando ativo nas redes sociais, ter feito novelas e shows na televisão. Hoje Rodrigo tem 45 anos e disse que cansou de esperar e que não será feita justiça.

Periodicamente a vítima tem que pagar advogado e outras custas jurídicas para o processo seguir, sem novidades. O ator foi contactado pelo site UOL, mas não respondeu. Nesse caso, a justiça não foi feita.

Da Redação ODC.
Fonte: UOL
Leia também: Campinas continua na fase amarela e libera cursos superior e profissionalizantes