Motorista do 99 estupra mulher embriagada durante corrida de 5 horas em São Paulo

 Motorista do 99 estupra mulher embriagada durante corrida de 5 horas em São Paulo

Um motorista do aplicativo 99 foi acusado de estupro por uma passageira na madrugada do último sábado, dia 29/02, em São Paulo. A vítima teria chamado um 99 Táxi para ir de um bar na zona oeste para o bairro de Moema.

A mulher estava embriagada e teria sido abusada pelo motorista durante a corrida, que somou mais de 5 horas e mais de 100 reais, o que é totalmente improvável pelo trajeto que deveria ter sido feito.

Ela também informou que sentiu dores na região genital e que não se lembra de quase nada, apenas alguns lampejos de algumas coisas. Câmeras de segurança mostram que o motorista em um determinado momento foi para o banco de trás do carro para cima da mulher. Ele nega todas as acusações.


De acordo com o depoimento dado, o motorista diz que ele só fez o que ela pediu, por isso a corrida ficou longa e cara, pois ele teve que parar várias vezes e ir para diversos lugares. A plataforma 99 informou que baniu o motorista e que está colaborando com as investigações.

Da Redação ODC.

Outras notícias