Mudanças na forma de trabalho fazem empreendedores ganhar mais dinheiro

0
15

Construir um relacionamento forte é a chave para qualquer negócio crescer e gerar lucros. Por isso, alcançar um negócio lucrativo torna-se muito mais fácil depois que os clientes são conquistados, especialmente nos negócios artesanais.

Artesanato é uma habilidade. É um talento que pode ser aplicado para criar produtos de qualidade e personalizados, algo que poucas pessoas têm a oportunidade de comprar.

A maior dificuldade dos empreendedores que estão começando a produzir qualquer tipo de produto artesanal é fazer com que o negócio seja autossustentável e gere lucros recorrentes.

Segundo o site do PEGN, o mercado de artesanatos movimenta R$ 50 bilhões por ano e sustenta aproximadamente 10 milhões de pessoas no Brasil. Isso significa que existe muito espaço para trabalhar em um negócio de artesanatos e gerar lucros durante o processo.

máquina de corte a laser é o grande segredo para os artesões alcançarem o sucesso financeiro. O motivo? Segundo Luiz Carlos Pinage, CEO da Due Laser, os novos empresários, e até mesmo os mais antigos que estão em fase de reestruturação de negócio, podem encontrar cinco grandes motivos para investir nessa tecnologia sem perder a sua autenticidade e manter o negócio faturando.

1. Agregar valor ao produto com novas tecnologias

Passou-se o tempo que artesanato era visto como algo de baixa qualidade e até mesmo sem valor. Com o crescimento das indústrias e da fabricação em larga escala, os produtos artesanais passaram a representar exclusividade, personalização e status.

Quando um produto é posto à venda sem nenhum valor agregado, ele será reduzido ao “vale a pena pois é um produto com valor baixo ou não”.

O problema dessa estratégia é que ao vender apenas por preço, as chances de aumentarem as vendas e gerarem lucros a longo prazo são pequenas.

A transição para incluir a tecnologia dentro do trabalho artesanal não é sempre fácil e muitas pessoas ainda resistem em aceitar essa alternativa em sua rotina, mas todas as recompensas fazem valer a pena.

Os projetos podem ser criados muito mais rápido e de maneira sofisticada. Isso permite que mais valor seja agregado aos artesanatos.

Ao criarem produtos com valor, os artesões podem mostrar ao público que o produto tem significado, técnica, uma história de construção e habilidades que foram desenvolvidas ao longo do tempo para chegar àquele resultado.

2. Otimizar tempo de produção e processos

Muitos projetos artesanais são desenvolvidos com base em cortes feitos a mão ou na tesoura. Isso acaba consumindo um tempo precioso e diminuindo a quantidade de produção.

O valor final do produto não está nesses cortes, eles fazem apenas parte do processo, mas sim no produto finalizado e pronto. Usar uma máquina de corte a laser automatizada nessas situações, como uma máquina de corte a laser portátil vai facilitar esse processo e ajudar na otimização de tempo.

O artesão consegue aumentar sua produção, garantir qualidade e melhorar a velocidade de montagem, ainda mantendo a criação autoral e artesanal, que é o que mais agrega valor ao produto.

3. Não depender de terceiros

Muitos artesões trabalham com corte terceirizado para facilitar na hora de montar e produzir seus produtos e acelerar a produção.

As grandes armadilhas dessa alternativa é que o artesão corre o risco de não gostar do resultado final do corte e ter todo o seu produto prejudicado ou, ter que esperar por um longo período, uma vez que o terceiro precisa esperar as máquinas de corte vagarem para executar o seu projeto.

Assim como a segunda opção, investir em uma máquina de corte a laser vai ajudar os artesões a criarem de maneira rápida e tirar prova antes de produzir e a evitarem ficar muito tempo parados.

4. Oferecer exclusividade e não ter o projeto vendido por terceiros

Ao terceirizar a fabricação do projeto, os artesãos precisam enviar seus desenhos para que terceiros efetuem o corte do produto.

Infelizmente, é muito comum os terceiros se apropriarem dessas ideias e venderem para outras pessoas. O que poderia ser um produto exclusivo e único, torna-se comum e muitas vezes idealizado sem qualidade nenhuma.

Internalizar a produção dos produtos sem depender de terceiros é a melhor opção para artesões evitarem terem suas ideias vendidas sem autorização.

5. Reduzir o máximo possível dos custos para ter um negócio lucrativo

Reduzir os custos não significa cortar os gastos aleatoriamente, mas é possível encontrar soluções para processos que já existem em um negócio, sem perder a qualidade.

Adotar a estratégia de redução de custos pode sim transformar um simples negócio em um negócio de artesanato lucrativo, mas apenas se o preço e o número de vendas permanecerem constantes.

Caso a redução dos custos planejada resulte em produtos de qualidade inferiores, a empresa não deve adotar essa estratégia. É sempre possível reduzir custos cortando esperdícios, em vez de se diminuir a qualidade.

Por isso é necessário usar inteligência e apostar nas melhores soluções para um negócio ser lucrativo.

Segundo o CEO da Due Laser, “para um artesão conquistar um negócio lucrativo ele deve encontrar ferramentas e estratégias que vão deixar a produção muito mais dinâmica, sem perder a qualidade e a nostalgia de se ter um produto feito a mão de maneira única”. O empresário ainda complementa que essas cinco estratégias são o grande segredo para um artesão conquistar o seu público e começar a gerar lucros para o seu negócio.

Due Laser é uma indústria 100% brasileira que desenvolveu uma máquina de corte a laser e marcação de bancada para vários materiais (Acrílico, Madeira, Eva, Couro, Feltro, Papel…). Além de ser fácil de usar, a máquina é capaz de ser manipulada por qualquer pessoa.

Usando a tecnologia em seu favor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui