Mulher é agredida pelo ex-marido, guarda municipal, durante a noite toda em Artur Nogueira

 Mulher é agredida pelo ex-marido, guarda municipal, durante a noite toda em Artur Nogueira

Uma mulher de 42 anos foi agredida pelo ex-marido, um guarda municipal da cidade de Artur Nogueira, região de Campinas. Ela tinha medida protetiva concedida pela Justiça, porém mesmo assim ele agrediu-a.

A vítima informou ao site G1 que foi agredida desde a noite de sábado, dia 04/01, até a manhã de domingo, dia 05/01, dentro da própria casa. O guarda, que também tem 42 anos, foi preso.

Eles têm um filho de cinco anos de idade e foram casados por oito anos. A separação aconteceu em setembro do ano passado, mas o agressor não aceitou. A vítima disse que o agressor a puxou pelos cabelos na rua por cerca de dois metros e dizia que não podia viver sem ela. Além disso, o guarda deu socos nela na frente do filho, danificou o telefone celular e o carro dela.


A mulher já tem três medidas protetivas contra ele e acredita que quem chamou a polícia foram os vizinhos, ao ouvir a briga e as agressões. Ela contou que chegou a ficar trancada dentro de casa sem comer quando estavam juntos.

A prefeitura de Artur Nogueira diz que repudia qualquer tipo de violência e que vai averiguar o caso do funcionário público.

Da Redação ODC.

Outras notícias