Mulher é morta pelo ex-marido, que não aceitava separação; Filho da vítima também foi baleado

 Mulher é morta pelo ex-marido, que não aceitava separação; Filho da vítima também foi baleado

Uma mulher de 46 anos de idade foi morta dentro da casa onde morava em um bairro de Limeira. O crime foi cometido pelo ex-marido, que se entregou à polícia.

O ex-marido, de 44 anos, estava separado há cerca de 15 dias da mulher e ela estava morando em uma casa alugada. Por fim, o ex descobriu o endereço e ficou aguardando ela chegar em casa. Ao notar que a porta estava aberta, por ser uma moradia coletiva, ele entrou e ficou esperando a vítima.

Assim que a mulher chegou, os dois começaram a discutir e o acusado sacou uma arma e atirou na direção do filho da vítima. O jovem de 12 anos foi atingido apenas de raspão. Depois, matou a ex-mulher.


Horas depois o criminoso se entregou em uma delegacia próxima e confessou que fez os disparos pois não aceitava a separação. Ele levou os policiais no local onde tinha descartado a arma.

Em 2012 o criminoso já tinha cometido outro crime passional, quando matou um amigo que o traiu com uma outra companheira da época, no caso na cidade de Brotas. Ele segue detido por feminicídio e tentativa de homicídio contra o jovem de 12 anos.

Da Redação ODC.
Leia também: Atacado Higa é lacrado por não cumprir normas sanitárias em Campinas

Outras notícias