Mulher é presa por uso de documento falso ao tentar cadastrar biometria em banco

 Mulher é presa por uso de documento falso ao tentar cadastrar biometria em banco

Por Alenita Ramirez – Colaboração para o ODC
Foto: Divulgação

Uma desempregada de 31 anos foi presa por uso de documento falso ao tentar cadastrar biometria, em uma agência bancária na Avenida Norte-Sul, em Campinas, na manhã desta sexta-feira.

D.M., foi presa em flagrante por policiais da 1ª Delegacia de Investigações Gerais (DIG), ligada a Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Campinas, após serem acionados pela gerência do banco.


De acordo com os policiais civis, a mulher abriu uma conta bancária em Itu, com uma identidade emitida no Estado de São Paulo (SSP) em nome de Bruna Rafaela Candiani de Almeida.

Na manhã de hoje, ela foi até a agência bancária para tentar cadastrar sua biometria com o nome falso, mas o sistema encontrou uma mesma biometria em uma conta de outra agencia da mesma instituição, com nome diferente.

Ao constatar a duplicidade de nome para a mesma digital, imediatamente a gerencia do banco entrou em contato com os policiais da DIG, que foram no local e detiveram a mulher, que se passava por Bruna.

Segundo os policiais, a mulher acabou confessando sua verdadeira identidade e disse que era correntista na agência onde tentava aplicar o golpe de falsificação. A desempregada ainda disse que tinha tentado abrir uma conta para aplicar golpes na cidade.

Ela foi presa por uso de documento falso e foi encaminhada a cadeia feminina de Paulínia.

O banco apresentou os comprovantes falsos que foi informado pela suspeita de seus dados cadastrados na agencia bancaria.

Outras notícias

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *