Mulher mata o marido com um soquete de cimento

     Mulher mata o marido com um soquete de cimento

    Uma mulher matou o marido com um soquete em Espírito Santo do Pinhal na madrugada de segunda-feira, dia 18, no Jardim Varam. A Polícia Militar foi acionada pelo filho do casal, que informou que sua mãe havia ligado para informar que havia matado o homem, que estava ensanguentado deitado.

    No local, o rapaz informou que não mora na residência e que devido a ligação de sua mãe, foi até o local e encontrou o pai morto deitado no sofá, aparentando ter tomado pancadas na cabeça pela lata de cimento. Ele relatou que sua mãe deixou uma carta sobre a mesa da cozinha com os dizeres ‘eu matei, eu não bebo pinga, foi só pra criar coragem’.

    Diante dos fatos, a equipe adentrou a residência, confirmando a cena informada pela testemunha. Compareceram no local a equipe do Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que constatou o óbito.


    Durante a preservação do local de crime, a equipe da Polícia Militar de Santo Antônio do Jardim prestou o apoio. A autora saiu em destino ignorado e os policiais saíram em busca dela. Já pelo bairro Vila São Pedro, eles avistaram um transeunte pela via e lhe perguntaram se tinha visto uma mulher pelo local, o rapaz confirmou que sim, porém, já fazia certo tempo.

    Os PMs observaram que na rua havia uma casa desabitada com sinais de reforma, bem como, o portão apresentava sinais de arrombamento, dando a entender que alguém veio a danificá-lo, no intuito de adentrar no imóvel.

    Equipes decidiram ingressar na residência e, em vistoria no local, obtiveram êxito em localizar a autora, que estava no fundo da construção. Indagada sobre o ocorrido, veio a confirmar que matou seu marido com uso de um soquete de obra, no caso uma lata de cimento, pois ele não prestava.

    A autora recebeu voz de prisão pela prática do crime de homicídio. Após o trabalho da perícia no local de crime e retirada do corpo pela funerária de plantão, a ocorrência foi encaminhada até o Plantão Policial de São João da Boa Vista.

    No local, foi dado ciência ao delegado de plantão, que elaborou o boletim de ocorrência de homicídio e ratificou a voz de prisão dada anteriormente pela equipe, bem como, apreendeu o objeto utilizado no crime, o soquete, e o bilhete em auto próprio. Ela foi encaminhada à Cadeia Pública de São João da Boa Vista, ficando à disposição da Justiça.

    Da Gazeta de Vargem Grande
    Leia também: Professora de matemática é presa após borrifar desinfetante em seus alunos

    Outras notícias