Namorado confessa ter matado Luara, que estava desaparecida desde 10 de agosto

 Namorado confessa ter matado Luara, que estava desaparecida desde 10 de agosto

A jovem Luara, de 23 anos, que estava desaparecida desde o dia 10 de agosto, finalmente teve o caso esclarecido. Ela foi morta pelo próprio namorado.

No início das investigações sobre o sumiço de Luara, que acabou ganhando projeção nacional, ele negou que soubesse o paradeiro dela, e que apenas estava em uma praça em Mairinque no dia em que a jovem sumiu.

De lá, ele teria pego um ônibus para São Roque e de lá retornou para Itapevi, onde mora. Apesar desse discurso, a família de Luara ficou surpresa com a frieza dele e por isso passou a desconfiar que ele tivesse algo a ver com o sumiço.


Para piorar, a versão das testemunhas que viram Luara no dia do sumiço dela não batia com a do namorado. Ele foi preso logo depois do corpo da jovem ter sido encontrado.

Uma passeata foi organizada por amigos e conhecidos de Luara na cidade de São Roque, para protestar contra a morte da jovem e pedir justiça.

Da Redação ODC.
Fonte: JE Online
Leia também: Campinas continua na fase amarela e libera cursos superior e profissionalizantes

Outras notícias