Novo sistema de trava de veículos auxilia na proteção

 Novo sistema de trava de veículos auxilia na proteção

Um novo sistema de segurança instalado no banco do motorista dos veículos promete dificultar a vida dos ladrões de carro. O sistema pode ser acionado junto com a trava, alarme ou isoladamente, recolhendo o encosto do banco até o painel. Somente a chave de ignição, senha ou controle remoto permite que o banco retorne à posição original. O procedimento evita que qualquer pessoa sem autorização se posicione no banco do condutor, o que torna praticamente impossível a movimentação do veículo sem a total concordância do proprietário.

Criado por Leonardo Rodrigues Alves, a invenção entrega segurança e praticidade aos clientes. “Um dos grandes problemas do Brasil é, sem dúvidas, a violência. Os indicadores são bastante elevados, pois quando se fala em roubo e furto de veículos, a situação também é grave. Acredito que o sistema antifurto pode contribuir efetivamente com a redução desse tipo de crime”, observa.

Sistema inteligente


O sistema em questão é instalado na parte interna do banco do condutor e pode ser elaborado com motor elétrico, acionamento por meio de botões e similares, travas e sensores. Se o banco do carro já possuir sistema elétrico, a movimentação pode ser pré-programada no próprio sistema ou mesmo no sistema de alarme. “Basta acionar o alarme, pela chave ou controle, e o banco é automaticamente movimentado em direção do painel”, explica Leonardo.

Caso exista a busca por redução de custos e instalação em carros populares, o sistema pode ser opcionalmente mecânico. Além dos carros, a solução também pode ser usada em caminhões, tratores, colheitadeiras, veículos náuticos, aeronáuticos e similares.

Suporte da ANI

“Há mais de 30 anos, a associação oferece apoio a inventores e empresários em assuntos relacionados à legislação de propriedade industrial. Contamos com produtos e projetos para diversas áreas da atividade industrial e comercial, inclusive novas ideias para internet e aplicativos mobile”, explica Carlos Mazzei, presidente da ANI. São diversas marcas, patentes, direitos autorais, copyrights e registros de softwares, além do lançamento de produtos e projetos para diversas áreas da atividade industrial e comercial. No total, a ANI conta com mais de 10 mil associados e inscritos em todo o Brasil, além de 700 projetos e protótipos disponíveis para consulta e avaliação.

A Associação Nacional dos Inventores foi criada com o intuito de divulgar as invenções brasileiras a fim de encontrar parceiros para colocar as ideias no mercado. Os inventores recebem todo o apoio comercial e jurídico na hora de registrar suas invenções e é claro, na hora de negociá-las com possíveis empresas e investidores. A empresa atua há mais de 30 anos no mercado, fazendo o trabalho de intermediação, na hora de registrar e na hora de negociar as inovações criadas por brasileiros.

Outras notícias