Novo Terminal Mercado de Campinas deverá ser inaugurado em duas semanas

Publicado em:

O novo Terminal Mercado, que está sendo reformado por uma construtora de Campinas como contrapartida de um empreendimento, deverá entrar em operação no máximo em duas semanas, com inauguração prevista para o dia 29/06.

A informação foi confirmada por interlocutores ao ODC. O básico já está pronto, faltando apenas alguns retoques finais para que o terminal volte a receber linhas de ônibus. A entrada do terminal será alterada.

Com a mudança no posicionamento das plataformas, agora todas em paralelo às ruas Benjamin Constant e Bernardino de Campos, os coletivos vão entrar por onde era a saída e sair por onde era a entrada, fazendo um “loop”.

A organização das linhas ainda ficará a cargo da Emdec, que costuma errar gravemente nessas questões. Todos os últimos terminais inaugurados nesta gestão da Emdec tiveram organizações esdrúxulas, o que prejudica os passageiros.

Pela lógica, o novo Terminal Mercado não deve ter paradas à esquerda, ou seja, todas as plataformas deverão ter embarques apenas pelo lado direito, mas depois do erro cometido nos terminais Campo Grande e Satélite Íris, tudo é possível.

O novo terminal terá entrada bloqueada para pessoas que não forem usar o transporte, ou seja, será totalmente fechado com acesso apenas para quem pagar passagem, e o embarque deverá ser pela porta traseira, assim como nos demais terminais de integração da cidade.

Como os portões de acesso são grandes, a segurança deverá ser reforçada para evitar invasores, ainda mais no Centro.

A obra de reforma do novo Terminal Mercado foi anunciada com pompa pela Emdec no ano passado, e estava prevista para ser concluída em quatro meses, mas assim como outras obras de mobilidade na cidade, atrasou e deverá ser entregue depois de quase o dobro do tempo previsto.

Da Redação ODC.
Leia também:
Abertos agendamentos para castração gratuita de cães e gatos na região do Jd. Florence em Campinas

Busque

Linhas de Campinas

Linhas de Paulínia

Linhas de Hortolândia

Linhas de Sumaré