O que levar em conta no momento de escolher um carro novo?

·

·

·

Tags:

Apesar de mais controlada, a escassez de componentes, em especial de semicondutores – resultado da crise global vivenciada há dois anos por conta da pandemia de Covid-19 -, ainda afeta a produção e a demanda na indústria automobilística nacional. Em uma declaração recente publicada pela CNN Brasil, o presidente da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), Márcio de Lima Leite, afirmou que, para alguns modelos de maior volume de vendas, a fila pode chegar a seis meses.

Ainda assim, a conquista de um carro permanece entre os principais objetivos do brasileiros. Segundo uma pesquisa do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) e do portal de Educação Financeira Meu Bolso Feliz, 9% dos entrevistados afirmaram que desejam um carro novo, logo atrás do desejo de viajar para o exterior (15%) e pelo país (12%). O estudo coletou respostas de 620 indivíduos de todas as capitais.

Neste panorama, Luiza Soares, gerente comercial do Carro por Assinatura Porto Seguro Bank, explica que diversos aspectos devem ser levados em consideração no momento da escolha de um carro. “Ao escolher um veículo, devem ser analisados elementos como o número de pessoas que vão utilizá-lo e se este será usado com mais frequência na cidade, na estrada ou off-road”.

Além do mais, prossegue ela, vale analisar qual será a principal função do veículo: se para trabalho, dia a dia ou lazer, além de considerar a quilometragem média que será percorrida mensalmente. Ela explica que, a partir das respostas às principais questões, fica mais fácil entender quais características o veículo precisa ter para atender às suas necessidades.

Ao optar pela compra de um carro, é preciso avaliar o orçamento disponível e também considerar a desvalorização do veículo ao longo do tempo. Custos adicionais como seguro, IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores), documentação e combustível também precisam ser previstos para que a pessoa não seja pega de surpresa com altos valores a serem desembolsados.

Outro ponto que requer a análise do consumidor, são os custos de manutenção do veículo. Uma boa dica pode ser pesquisar na internet ou conversar com um mecânico de confiança para entender quais são os problemas mais comuns no modelo de carro que pretende comprar, além de buscar o preço e disponibilidade das peças.

Como visto acima, a compra de um veículo demanda um certo conhecimento do mercado para fazer um bom negócio e também um alto investimento financeiro. Com isso, uma alternativa que está se popularizando nos últimos anos é o carro por assinatura, principalmente para consumidores que buscam praticidade.

“Na assinatura, o cliente paga mensalmente por um veículo personalizado, já tendo incluso todos os custos adicionais e de manutenção. Ele também não precisa se preocupar com a desvalorização do automóvel, uma vez que o carro é devolvido para a empresa no final do contrato”, conta Soares.

Para mais informações sobre o serviço de assinatura de carros, basta acessar: https://carroporassinaturaporto.com.br/