Ocupação de leitos de UTI volta a despencar em Campinas e chega à mínima histórica

 Ocupação de leitos de UTI volta a despencar em Campinas e chega à mínima histórica

Foto: PMC

O município de Campinas conta nesta segunda-feira, dia 22 de novembro, com 75 leitos de UTI exclusivos para pacientes com covid-19 nas redes pública e particular de saúde.

Deste total, 41 estão ocupados, o que corresponde a 54,67%. Há 34 leitos livres nas redes municipal, estadual e privada.

O SUS Estadual reduziu 35 leitos desde o último boletim divulgado, em 18 de novembro. Eram 45 leitos de UTI no Hospital da Unicamp exclusivos para covid-19 e agora são 10 leitos. Na rede particular, houve acréscimo de quatro vagas de UTI covid: de 32 para 36 leitos.


Não há pacientes à espera por leitos de covid-19 na cidade. No total, há 76 pacientes internados em enfermaria covid e 41 em UTI covid.

Os leitos estão disponibilizados da seguinte maneira:

SUS Municipal – 29 leitos, dos quais 15 estão ocupados, o que equivale a 51,72%. Há 14 leitos livres.

SUS Estadual – 10 leitos, dos quais 8 estão ocupados, o que equivale a 80%. Há 2 leitos livres.

Particular – 36 leitos, dos quais 18 estão ocupados, o que equivale a 50%. Há 18 leitos livres.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também: Indústria Xperience: Inovação, tecnologia e diversidade permearam boa parte dos debates do evento virtual

Outras notícias

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *