Ocupação dos leitos de UTI em Campinas volta a crescer e pode reativar fase laranja

     Ocupação dos leitos de UTI em Campinas volta a crescer e pode reativar fase laranja

    A ocupação dos leitos de UTI em Campinas está cada vez mais alta. A oscilação para baixo não demonstra que os números de infectados estão em queda.

    Nesta última quinta-feira, dia 21/01, a cidade ficou com apenas seis leitos de UTI na rede pública de saúde, indicando uma ocupação de quase 95% apenas entre os leitos não particulares.

    A prefeitura de Campinas está com 90 leitos instalados mas desses, 85 já estão ocupados por pacientes infectados com o novo coronavirus.


    Enquanto isso na rede estadual, que contempla os leitos instalados no Hospital de Clíncias da Unicamp, são 17 leitos instalado e só um livre.

    Já na rede particular estão ocupados 30 leitos de 132 instalados, ou seja, taxa de ocupação de 77%. No geral, a cidade tem um total de 239 leitos de UTI exclusivos para tratamento de Covid-19.

    Da Redação ODC.
    Fonte: CBN
    Leia também: Amparo terá ônibus de graça aos domingos e feriados

    Outras notícias