Ouvidoria do Ipem divulga ranking de maiores reclamações sobre produtos e serviços

     Ouvidoria do Ipem divulga ranking de maiores reclamações sobre produtos e serviços

    A Ouvidoria do Ipem-SP (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo), autarquia do Governo do Estado, vinculada à Secretaria da Justiça, e órgão delegado do Inmetro, divulga o ranking de reclamações sobre produtos, serviços e instrumentos de medição referente ao primeiro trimestre de 2021.

    No período, foram 713 atendimentos. Desses, 438 estão efetivamente relacionadas a sugestões, solicitações, e busca de informações, 275 sobre produtos, serviços e instrumentos de medição, 94 casos foram fiscalizados e concluídos e 181 se encontram em andamento. Entre os fiscalizados, 28 foram reprovados.

    Bomba de combustível liderou o número de reclamações com 172 registros e 78 reprovações confirmadas pela equipe técnica após verificação metrológica.


    Segurança em aparelhos eletrodomésticos, balanças, produtos pré-medidos, entre eles, papel higiênico, brinquedos, fios e cabos, também foram alvo de denúncias. No entanto, não foram reprovados após fiscalização

    O procedimento para o cidadão reclamar é simples. Ao suspeitar de uma possível irregularidade contra o consumidor entre em contato com a Ouvidoria que atende, registra e faz o encaminhamento da solicitação para a área técnica realizar a fiscalização dos produtos ou instrumentos reclamados. Após a verificação, os resultados são encaminhados para Ouvidoria que se encarrega de transmitir a informação para o cidadão.

    No mesmo período em 2020, a Ouvidoria do Ipem-SP registrou 1.355 atendimentos com grau de satisfação da população de 88,2%. De janeiro a dezembro de 2020, foram registrados 3.748 atendimentos com grau de satisfação da população de 93,3%

    Confira o ranking de atendimentos, acesse https://bityli.com/ODTRr. Mais informações sobre a Ouvidoria do Ipem-SP, acesse https://bityli.com/BBIJs

    Dúvidas, sugestões ou reclamações sobre este e outros assuntos do Ipem-SP podem ser feitas pelo telefone da Ouvidoria: 0800 013 05 22, de segunda a sexta, das 8h às 17h, ou por meio do e-mail [email protected]

    As informações são do site Repórter Beto Ribeiro
    Leia também: PF faz operação contra quadrilha de fraudadores do Auxílio Emergencial

    Outras notícias