Um padre do interior de Minas Gerais foi assassinado nesta última terça-feira, dia 13/10. Adriano da Silva Barros era vigário na cidade de Simonésia.

Os bandidos que cometeram o crime tentaram roubar dinheiro e o carro do padre, porém a forma como isso aconteceu ainda está sendo investigada pela polícia local.

O padre teria sido torturado e carbonizado. O carro dele foi levado para o Rio de Janeiro para ser usado como pagamento de uma dívida com o tráfico de drogas,

O irmão de um dos bandidos informou que o criminoso estaria devendo uma quantia em drogas por ter perdido uma carga durante uma operação polícial. Por causa disso, foi até o interior mineiro tentar levantar esse dinheiro.

O criminoso tem 22 anos e está preso. Ele estava na companhia de um adolescente de 16 anos, também detido. A dívida com o tráfico era entre R$ 30 mil e R$ 50 mil e teria que ser paga ainda nesta semana.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também: Licitação do transporte em Campinas está parada há 1 ano, do jeito que a prefeitura queria