Palestras corporativas ficam mais atrativas com shows de ilusionismo

 Palestras corporativas ficam mais atrativas com shows de ilusionismo

Tornar as palestras cada vez mais atrativas e eficazes para equipe de grandes empresas é sempre um desafio. Muitas ações vêm sendo utilizadas pelas áreas de RH para conseguir um melhor engajamento dos profissionais, nesse cenário de alterações e equilíbrio financeiros constantes. Atento às necessidades do setor, o ilusionista Issao Imamura, sempre muito inovador, foi o primeiro artista desse segmento a usar o Ilusionismo como ferramenta para o desenvolvimento humano em palestras corporativas, são as palestras mindset, que focam nessa reprogramação de nossos cérebros para momentos de mudança e crise.

Por meio de técnicas de ilusionismo Issao realiza, desde 2015, palestras dentro dos eventos das corporações que reforcem temas como resiliência, trabalho em equipe, liderança, entre outros de acordo com a necessidade do cliente.

Segundo Issao: “Nosso trabalho é usar as técnicas de ilusionismo para atingir esses resultados e não fazer um show, a ferramenta é utilizada para transmitir as mensagens que ilustrem os conceitos”. “Em momentos de crise, como o que estamos enfrentando, é imprescindível que as empresas fiquem atentas ao ânimo e desenvolvimento de suas equipes e grupos e é incrível como essas vivências possibilitam esse mindset para aumento de vendas, novos modelos de empresas e até para seguimentos que estejam situação muito favorável “, conclui Issao.


Em 2019, de acordo com Issao, as palestras foram, principalmente, para três grupos: Associações comerciais de todo o País, que buscaram dar ânimo aos empresários locais para driblar a crise; as prefeituras focando na valorização das equipes e agradecimento pelo empenho num momento tão difícil e, do lado oposto, ao Agronegócio que teve muito a comemorar, mas uma preocupação com o legado a ser deixado dessa fase.

Hoje Issao realiza cerca de 60 a 70 palestras ao longo do ano, cada uma delas é totalmente personalizada. Issao tem três modelos que servem como base levando em conta o número de participantes e número de técnicas apresentadas para, a partir daí elaborar o projeto para cada empresa ou entidade.

As palestras podem ser:
– Pequenas – para grupos de 10 a 500 pessoas – cerca de 40 minutos;
– Médias – para grupos de 100 a mil pessoas – cerca de 60 minutos;
– Grandes – para grupos de 200 a 8 mil pessoas – cerca de 70 minutos.

Sobre Issao Imamura:
Issao Imamura graduou-se em direito pela USP, no Largo São Francisco, em São Paulo, porém, desde muito cedo sua grande paixão foi o ilusionismo. Issao é o primeiro ilusionista do Brasil, ele trouxe a técnica ao País e popularizou o termo Ilusionismo para diferenciar de mágica nos anos 90.
Prestes a completar 30 anos como um profissional da arte do Ilusionismo, Issao já desenvolveu projetos inovadores de repercussão nacional e internacional para mais de 150 grandes empresas do Brasil e do exterior.

De palestras corporativas a participações em grandes eventos como o Carnaval do Rio de Janeiro, Festival de Parintins a eventos nos Estados Unidos para lançamento do filme Truque de Mestre, da Paris Filmes, Issao adapta efeito ilusionista de acordo com cada necessidade. Hoje, Issao aplica as técnicas de ilusionismo nas palestras motivacionais de impacto que realiza em todo o País para grandes empresas.

Ilusionismo em grandes eventos públicos:
Inovador, Issao Imamura foi o primeiro profissional a incluir efeitos ilusionistas no Carnaval Brasileiro. Em 2003, contratado pela Estação Primeira de Mangueira, Issao desenvolveu uma complexa técnica ilusionista para contar a história dos Dez Mandamentos, em parceria com o coreógrafo Carlinhos de Jesus, que levitou em pleno Sambódromo. Em 2011 a Beija Flor de Nilópolis contratou Issao Imamura em 2011 para produzir os efeitos de desmaterialização simultânea de 15 bailarinos da Comissão de Frente onde os bailarinos desaparecem após entrar num rádio gigante e materialização simultânea dos 15 bailarinos que reapareceram no interior desse rádio, com Cláudia Raia em seus braços. A escola fez uma homenagem a Roberto Carlos e foi a grande campeã do carnaval naquele ano.

Este ano Issao Imamura realizou três técnicas de ilusionismo na Comissão de Frente da Salgueiro, duas transformações e um teletransporte. A Escola homenageou o primeiro palhaço negro do Brasil e ficou em quinto lugar, mas a Comissão de Frente foi fechou a apuração com nota Dez.

Issao também levou o ilusionismo até Parintins (AM), em 2016, quando foi contratado pelo Boi Caprichoso do famoso Festival daquela cidade. Issao criou diversos efeitos ilusionistas que foram realizados no Bumbódromo e ajudaram o Boi Caprichoso a ser o grande campeão do festival. Esta foi a primeira vez que recursos de ilusionismo foram utilizados no tradicional evento amazonense.

Outras notícias