Papa Francisco defende que homossexuais precisam ser protegidos por leis de união civil

 Papa Francisco defende que homossexuais precisam ser protegidos por leis de união civil

O Papa Francisco, conhecido por suas ideias progressistas, disse em um filme que vai entrar em cartaz hoje, dia 21/10 na Itália, que os homossexuais precisam ser protegidos por leis de união civil.

“As pessoas homossexuais têm direito de estar em uma família. Elas são filhas de Deus e têm direito a uma família. Ninguém deverá ser descartado ou ser infeliz por isso”, diz o papa no vídeo.

O filme que começará a ser exibido tem o nome “Francisco” e é um documentário sobre a vida do papa. A fala sobre homossexuais surge na metade do filme.


Em outras oportunidades, Francisco fez declarações de acolhimentos de homossexuais, mas suas opiniões sobre uniões de pessoas do mesmo sexo eram apenas “virtuais”.

É a primeira vez que o Papa faz essa defesa de forma tão clara. Na defesa não há fala sobre o “casamento gay”, mas sim a união estável para que todos tenham acesso aos direitos disponibilizados pelos Estados.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também: Comércio de Campinas teme volta para fase amarela e intensifica conscientização de clientes

Outras notícias