Um piloto de uma grande companhia aérea cujo nome não foi divulgado foi preso em Campinas nesta última quinta-feira, dia 06/08. Ele é acusado de matar uma comissária de bordo.

A vítima, Dinorah Cristina Barbosa da Silva, de 35 anos, foi morta em 24 de outubro do ano passado dento do quarto da sua filha quando desconhecidos invadiram a casa e a mataram.

O crime teria sido encomendado pelo piloto Mayky Fernandes dos Santos, de 27 anos, que pagou R$ 17 mil para que o crime fosse cometido.

Uma advogada de 26 anos, que foi namorada de Mayky, também acabou sendo presa em Indaiatuba, já que ela teria contribuído com o planejamento do crime.

Outras pessoas foram presas em cidades de São Paulo e Pernambuco, onde o crime aconteceu. O piloto teria encomendado a morte da comissária, que na época estava desempregada, por não aceitar o filho que teve com ela.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também: Vídeo que noiva estava fazendo em praça mostra exato momento de explosão no Líbano